segunda-feira, 4 de abril de 2011

Semente & Flor & Coragem...

“A semente não pode saber o que lhe vai acontecer, a semente jamais conheceu a flor. E a semente não pode nem mesmo acreditar que traga em si a potencialidade para transformar-se em uma bela flor.

Longa é a jornada.

E sempre será mais seguro não entrar nela, porque o percurso é desconhecido, e nada é garantido...

Mil e uma são as incertezas da jornada, muitos são os imprevistos - e a semente sente-se em segurança, escondida no interior de um caroço resistente.

Ainda assim ela arrisca, esforça-se; desfaz-se da carapaça dura que é a sua segurança, e começa a mover-se. A luta começa no mesmo momento: a batalha com o solo, com as pedras, com a rocha. A semente era muito resistente, mas a plantinha será muito, muito delicada, e os perigos serão muitos.

Não havia perigo para a semente, a semente poderia ter sobrevivido por milênios, mas para a plantinha os perigos são muitos. O brotinho lança-se, porém, ao desconhecido, em direção ao sol, em direção à fonte de luz, sem saber para onde, sem saber por quê. Enorme é a cruz a ser carregada, mas a semente está tomada por um sonho e segue em frente. Semelhante é o caminho para o homem. É árduo.

“Muita coragem será necessária”.

Esta descrição nos faz refletir sobre todos os momentos em que precisamos ser como a semente: aceitar o campo em que caímos e, mesmo dentro de uma casca rija, acreditar nos nossos sonhos e romper esta casca, olhando em volta, intuindo onde estamos e para onde vamos. Se o ambiente for inóspito, temos que, pacientemente, esperar pela chuva e pelo sol que vêm fortalecer nosso crescimento.

Temos que encontrar uma brecha entre as pedras e os espinhos para serpentear nosso caule e abrir nossa copa e nossas flores debaixo do vasto céu azul que nos espera. “Quando nos defrontamos com uma situação muito difícil, há sempre uma escolha: podemos ficar repletos de ressentimentos e tentar encontrar alguém ou alguma coisa em que pôr a culpa pelas nossas dificuldades, ou podemos enfrentar o desafio e crescer.

A flor nos mostra o caminho, à medida que a sua paixão pela vida a conduz para fora da escuridão, para o mundo da luz. Não há nenhum sentido em lutar contra os desafios da vida, ou tentar evitá-los ou negá-los. Eles estão aí, e se a semente deve transformar-se em flor, precisamos passar por eles.

Seja corajosa o bastante para transformar-se na flor que você foi feita para ser.


Por: Leliane Melro
by Reca Aranda via Facebook

domingo, 3 de abril de 2011

24 Horas de Amor



Quando acordei pela manhã
Senti o perfume que há muito, muito tempo não sentia
Olhei de pressa ao meu redor e apalpei o seu lugar
Em nossa cama tão vazia
Eu que cheguei de um sono bom chorei ao ver tudo acabado
Tanto amor tanta doçura
Mas o perfume era real que acreditei estar ali
Sua presença de ternura.

E de repente vi você sair com a toalha no seu corpo
E se agarrar em mim como nos velhos tempos de amor tão louco
Nada mais sei de nós porque morremos abraçados no desejo
Na doação total perdidos na loucura destes beijos.

INTRODUÇÃO

A tarde nos surpreendeu e no delírio do desejo
Nem um pouco mais dormimos
Porque o amor pedia bis e outra vez nos abraçamos
Tudo de novo repetimos
E neste fogo da paixão vivemos 24 horas sem sair de nossa alcova
Este prazer nunca parou porque o nosso grande amor
Todos os dias se renova.

E de repente vi você sair com a toalha no seu corpo
E se agarrar em mim como nos velhos tempos de amor tão louco
Nada mais sei de nós porque morremos abraçados no desejo
Na doação total perdidos na loucura destes beijos.

Template - Dicas para Blogs