domingo, 6 de março de 2011

Sou Gota em um Rio

Como pequenas gotas d'água, fazemos parte de um rio que está sempre a fluir... A cada fração de segundo se transforma, sempre diferente, unidas às outras gotas semelhantes a nós, com essências iguais, mas diversas se forem analisadas com atenção. Somos parte de um Todo e em nós temos este Todo.

Tendo a consciência deste pertencimento a algo muito maior do que nós, se nos entregamos ao fluxo deste grande rio, sem medos, se não lutamos contra a correnteza, mas nos deixamos levar com confiança, seguimos adiante sem tantos problemas.

Temos que ultrapassar obstáculos que surgem, a todo instante, pedras, reentrâncias da margem, troncos que bóiam, mas não estamos sós, se nos entregamos ao fluxo poderoso da Vida que nos vai conduzindo... Para onde? Para o Grande Mar, que é onde desembocam as águas de todos os rios deste planeta, não importando o tamanho de cada um deles.

Neste fluir, muito aprendemos, principalmente treinando a paciência e a aceitação. Sendo pequenas gotinhas d'água, nem tudo compreendemos e quase nada podemos controlar! Vamos sendo levadas pela Vida, que sincronicamente e com muita harmonia, nos conduz, sempre pra frente, e nunca sós. Somos importantes porque fazemos parte das águas caudalosas deste rio, que quando para de fluir, adoece... Pra frente é que ele precisa andar. Sempre... Quando chegaremos ao Mar? Não sabemos, mas isto pouco importa - é preciso cooperar com o fluxo e ir indo, da forma mais confiante possível.

Uma gotinha sozinha muito pouco representa, mas quando se mistura às outras, produz movimento, cresce, vai em frente.
Esta imagem forte que me chegou me dá a idéia da importância de nos entregarmos à Vida, a Deus, ou ao Amor (usemos o nome que mais nos toque o coração), pois existe um caminho muito sábio, muito bonito, mesmo quando nos faz tropeçar, retroceder para avançar, que Alguém traçou pra nós e que se nEle confiarmos, chegaremos a um local muito doce e ao mesmo tempo muito poderoso, pleno de paz, que está em cada um de nós, onde estaremos felizes, num silêncio sem palavras, mas cheio de significado.
Quando temos a ilusão de querer controlar a nossa vida, muitas vezes saímos do curso deste rio e - sozinhos - tentamos ir contra a correnteza da Vida. E nos ferimos muito, atrasando também a nossa chegada.

Ter fé em Deus é ter fé na Vida, em seu fluxo, pois Deus está em tudo e em todos e nos fala a todo instante. Das formas mais variadas, discretamente ou em altos brados, em todos os locais em que estivermos. Somos gotas de um rio que precisa de cada um para ser o que é. É preciso que nos demos as mãos, que nos unamos, que busquemos redirecionar as gotas que teimam em não se colocar neste local de aconchego, de amor partilhado, que é a vida, quando nos reconhecemos Amor e percebemos o mesmo no outro, seja ele nosso conhecido, ou não.

Se como gota ficarmos isoladas do rio, vamos nos aniquilar, pois os raios solares nos secarão bem rapidamente. Só unidos aos outros irmãos, venceremos e teremos a confiança de transpor qualquer dificuldade que nos surja no caminho. Há um ditado popular - e como são sábios - que diz que a união faz a força!

O momento é de união. De olharmos amorosamente quem nos observa ou caminha ao nosso lado, no ônibus, na rua, no avião, aonde for. Vamos demonstrar aos que nos encontram - nunca por acaso - que o reconhecemos como gota do mesmo rio do qual fazemos parte! Ele vai nos entender, mesmo que não verbalize isto. E nosso exemplo lhe dará um roteiro para que faça o mesmo, pois gentileza gera gentileza... já nos dizia um poeta de rua, que nada de material possuía.

A sensação de fazer parte de um rio me dá serenidade e me torna forte para continuar. Também me ensina que nunca há um momento igual ao outro, pois as águas não param de correr, de fluir... O tempo está passando muito rápido, vamos nos dar as mãos e vamos confiantes ao encontro do Mar, que é Amor e Paz.

0 comentários:

Template - Dicas para Blogs