terça-feira, 1 de março de 2011

Por que as novas tomadas possuem três pinos?

  • Tomadas no novo (em preto) e no velho formato Tomadas no novo (em preto) e no velho formato
Há mais de um ano foi instaurado o novo padrão de tomadas no Brasil. Esse sistema, que possui um encaixe diferenciado e protege o usuário de choques nas tomadas de parede (principalmente as crianças que enfiam os dedinhos nas tomadas), irá aos poucos repadronizar o uso em todo o país. Atualmente existem muitos tipos de tomadas em uso, com grande variação nos plugues de encaixe, o que dificulta a vida do usuário e do eletricista.

Existem duas tomadas que são muito similares à nova tomada de três pinos. Uma delas é aquela que acompanhava muitas máquinas de lavar roupa ou micro-ondas. Três pinos chatos, dois em cima, inclinados e um embaixo, reto.

Já a tomada mais comum, conhecida por todos como “tomada de computador”, é a que vinha na maioria dos produtos eletrônicos complexos na última década, e cujo nome correto é 2P+T, que quer dizer dois pinos mais terra. As novas tomadas são uma espécie de repaginação dessas duas tomadas já existentes.

Mas afinal o que é o terra, o elemento em comum de todas essas tomadas?

O pino terra é o pino da tomada que faz a ligação do aparelho com o sistema de aterramento de sua rede elétrica. Esse aterramento é muito importante. Ele protege você de pequenos choques que seus aparelhos podem eventualmente causar, e muitos dos componentes eletrônicos mais sensíveis de seus equipamentos eletroeletrônicos. Esses produtos mais delicados são, geralmente, os mais caros, como computadores, TVs de última geração, impressoras, decodificadores e muitos outros.

Uma rede elétrica comum, residencial, é geralmente composta por dois condutores de energia: o fase e o neutro. O fase é o condutor por onde a tensão elétrica é transmitida, enquanto que o neutro possui potencial elétrico igual a zero. Para existir eletricidade, deve existir uma diferença de potencial: por exemplo, se o seu fase é de 127V e seu neutro 0V, há eletricidade e sua rede é de 127V.

No entanto, apesar do neutro ter potencial igual a zero, isso não ocorre necessariamente, por conta de alguns fatores existentes nos equipamentos e eletrodomésticos modernos. A carapaça metálica dos eletrodomésticos, assim como a existência de muitos componentes elétricos sensíveis em um computador, com diferentes potenciais elétricos, pode levar a “escapes” da energia que fica acumulada em extremidades metálicas dos aparelhos – a energia eletrostática.

Essa energia que fica “acumulada” nos aparelhos pode causar leves choques no usuário, ou ainda, ao se conectar componentes com diferença de potencial, estragar algumas peças de seus aparelhos, inutilizando-os. A forma de anular esses grandes inconvenientes é utilizando o pino terra.

O pino terra liga-se ao aterramento de casa (daí vem seu nome). O aterramento é um terceiro condutor de energia que realmente possui potencial neutro, e encaminha as “sobras” de energia de seus aparelhos diretamente para a terra, deixando-os sempre sem energia eletrostática e, portanto, sem riscos de danos entre componentes.

O fato de sua tomada ter os três pinos não significa que o aterramento está conectado, e, portanto, você pode ter uma impressão falsa de que está tudo instalado corretamente quando não está. Se sua instalação elétrica for antiga, é provável que o aterramento não esteja feito, ou pelo menos que não esteja feito da forma correta.

O aterramento consiste em uma fiação, geralmente verde, ou verde e amarela, que percorre todas as tomadas de sua casa, e depois se liga ao chão. A ligação com a terra é realizada por meio de uma ligação dessa fiação a uma haste metálica, geralmente de cobre, que fica instalada dentro de uma caixa de inspeção e espetada na terra. Dependendo do tipo de solo, essa haste pode ter de ser enterrada com mais ou menos profundidade, para garantir que haja a ligação correta do terra.

O aterramento é obrigatório por lei nas construções novas desde 2009, de tão importante que é para a nossa segurança e de nossos equipamentos. Consulte seu eletricista para descobrir se sua rede elétrica está aterrada da forma correta. Instalações de aterramento bem realizadas podem até ajudar a economizar na conta de luz. Não corra riscos de choques, e especialmente de perder peças importantes de seus equipamentos. Não há seguro ou garantia que irá cobrir esses danos!

0 comentários:

Template - Dicas para Blogs