terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Mãe acusa cachorro eletrônico de xingar, em vez de cantar para sua filha

A britânica Leigh McPherson, 20, comprou para sua filha Mia, de quatro meses, o cachorrinho eletrônico Violet (foto abaixo), que canta músicas baixadas do site do fabricante.
Para sua surpresa, no entanto, a mãe diz ter ouvido um palavrão logo na primeira canção– “fuck” em vez de bark (latir).
Segundo o “The Sun”, no entanto, a LeapFrog Toys afirmou tratar-se de uma questão de sotaques.


“O brinquedo é dos Estados Unidos, e a voz tem sotaque norte-americano. A empresa diz que a palavra é ‘bark’ [latir]. Mas, para qualquer britânico, soa como aquela palavra com ‘F’”, disse a mãe de Mia, ao jornal britânico.


O “The Sun” afirmou que a empresa pediu desculpas e fez uma nova gravação, que já está disponível, para evitar casos como esse.


“O maior problema, agora, são meus amigos. Todos eles querem brincar com o cachorro, pois o consideram hilário”, contou Leigh.

Lá do: The Sun
Fonte: http://uoltecnologia.blogosfera.uol.com.br/2011/01/18/4211/

0 comentários:

Template - Dicas para Blogs