domingo, 23 de janeiro de 2011

Espiritualidade - Consciência de Alma

O Universo Infinito, envolvendo o visível e o invisível, o conhecido e o desconhecido, o objetivo e o subjetivo, o físico, o astral, mental e espiritual, tudo faz parte do Todo, Ser Maior Criador Deus.


Estes aspectos globais da vida sejam eles manifestados em unidades ou na forma de incontáveis núcleos de átomos pertencentes às constelações estelares, todos têm suas próprias esferas de radiações e, portanto seus específicos campos de influência.


Apesar desta característica todos permanecem inter-relacionados, sendo agregados através dos Divinos Raios de Energia, os quais constituem o Universo Etéreo integrando toda a criação em Um Todo, Energia Superior, Ser Maior Criador Deus.


A esfera de influência exercida por essas formas de vida - mineral, vegetal, animal, humana - sejam elas consideradas simples ou complexas, tem sido determinada prioritariamente pela natureza de suas inerentes consciências. É o grau de tais manifestações de consciências que irá mostrar a sensibilidade, responsabilidade, receptividade, radiação ou rejeição.


Vamos então refletir sobre o tema?


A manifestação do estado de consciência está diretamente relacionada tanto ao desenvolvimento atingido, como também na habilidade em reconhecer, registrar e auto identificar-se com as energias envolvidas.


Assim nossa evolução espiritual deverá ser lembrada como um processo progressivo de despertar nossos recursos da Consciência de Alma, coordenando e fundindo os níveis superiores e inferiores, tanto do espiritual como do material.


É com este propósito que a Alma quando na forma humana, se coloca em ação, servindo como veículo para que a consciência passo a passo atinja seu objetivo primordial. Cada Alma humana, tanto as encarnadas, como as que estão temporariamente habitando o mundo etéreo, constituem no seu todo, parte integrante da Consciência Divina da Alma Suprema, Ser Maior Criador Deus.


Nossa centelha individual de consciência enquanto manifestada em forma, nos primeiros estágios de evolução, torna-se desperta para algumas evidências, ou seja, para a individualidade que distingue ela mesma (Alma) do material. Faz sentido?


Alice Bailey (1880-1949) escritora espiritualista nos diz a este respeito: "O objetivo final do desenvolvimento de todos nós seres humanos espirituais será atingir completa autoconsciência, não só no plano físico, como também progressivamente nos planos emocional, mental e conseqüentemente nos sucessivos planos espirituais, até que finalmente o então totalmente incompreensível estágio da consciência cósmica seja atingido."


Consciência de Alma ou Consciência do Ser é a relação entre matéria e espírito, acrescido dos resultados das nossas atividades de aprendizado. Desta forma passa a ser a relação entre Alma e personalidade.


Sensibilidade, conhecimento, inteligência, mente amorosa, são partes integrantes da consciência, refletindo as diferentes esferas da evolução das forças internas, quando nos manifestamos, seja sentindo, pensando, agindo, o que nos coloca dentro da vida. Correto?


Consciência de Alma é pressuposto diretamente associado ao nosso Eu Verdadeiro, o qual nos distingue de outras criações dos reinos da natureza.


Entretanto deverá ser entendido que em todas as formas de criação, sendo um átomo ocorrendo no reino mineral, uma planta no reino vegetal, ou um Ser planetário de outras Galáxias, todos estão caracterizados pela Vida, ou seja, somos seres vivos, dispondo de níveis de consciência. Está claro?


Dr. J. J. Hurtak cientista social norte-americano na obra "O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch" nos diz: "Alma e Espírito não devem ser entendidos como sinônimos.


Alma é a consciência natural de vida, sem a percepção superior dos mundos anteriores e dos mundos que hão de vir. A Alma precisa passar por muitas formações , transformações ou mesmo renascimentos antes de poder-se entrelaçar com a consciência divina Eu Superior."


Nosso corpo formado por múltiplas associações de átomos e células, pequenas ou grandes, simples ou complexas, é circundado por campos eletromagnéticos, conhecidos como chakras, os quais são produtos de energias constantemente irradiadas.


Estas irradiações de energias constituem de forma simultânea o meio para condução de influências externas, servindo de função dupla - irradiação e recepção - determinando assim o grau de vitalidade, sensibilidade e consciência refletida por nossa vida.


A classificação em diferentes reinos da natureza não explica por completo, os níveis de consciência demonstrados. Por exemplo: Aos nossos olhos de leigos, os minerais poderão não refletir sinais de vida ativa, mas estarão demonstrando seus estados de consciência, ao responderem as condições do clima quanto à temperatura ambiente e nível de umidade.


Esta resposta às condições climáticas é mais evidenciada entre as plantas, mas esta regra é observada como sendo puro instinto. Entretanto este estado de consciência é evidenciado através de modernos equipamentos eletrônicos, os quais identificam que as plantas reagem positivamente às forças etéreas dos humanos amantes de plantas, seja no realce do verde como na beleza das flores e qualidade dos frutos. Ao contrário apresentam reações negativas para aqueles que mostram pouco interesse na vida vegetal.


Portanto a Luz para qual nós seres humanos espirituais temos despertado através da Consciência de Alma, torna-nos mais esclarecidos em relação à nossa ignorância, e através da nossa atração para o bem maior enxergamos a tênue linha divisória entre as vicissitudes que nos direcionam para a tristeza, e de forma simultânea nos permitem visualizar o contraste com a alegria.

0 comentários:

Template - Dicas para Blogs