domingo, 16 de janeiro de 2011

Entenda...


Entenda que não fui eu nem você.
Foi o sufoco.
Eu me sufoquei tentando te agradar.
E você se sufocou tentando me aceitar.
E vice-versa.
E as controvérsias.
Entenda que amor,
às vezes,
sufoca.
Entala.
Prende.
Estanca.
Acaba.
Ou continua,
mas não se concretiza.
Entenda que as coisas são como tem que ser.
Tentamos fazer algo acontecer,
que jamais poderia ser.
E esse ser,
era ser nós,
e não somente eu e você.
Entenda que certas circunstâncias são inevitáveis.
Encontrei um eu em você.
E você encontrou um você em mim,
mas não nos pertencíamos.
E nos devolvemos.
Foi a decisão certa.

0 comentários:

Template - Dicas para Blogs