sábado, 11 de dezembro de 2010

Seu Valor

Qual o seu valor?


Não, não seu valor para o mundo, este sempre é tardio em reconhecer o verdadeiro valor das coisas, isso quando reconhece, refiro-me ao valor que você da a si mesmo.


Vivemos nos dias de hoje a era do “ser para os outros”, pouco importam nossos valores, sonhos ou nossa identidade própria, o importante é sermos aceito, e para isso passamos por cima de nós mesmo se preciso for. Nos vendemos por um emprego, por um encontro, para fazer parte de um grupo ou para termos atenção.


O padrão comportamental aceito (exigido) hoje é esse, você só é aceito se for igual. Você ouve o que todos ouvem, vê o que todos vêem, fala o que todos falam e vive como todos vivem, e para isso é claro você tem que deixar de ser quem você é, esse é o preço da aceitação ser igual comum, deixar seus sonhos de lado para comprar um “sonho comercial” que a sociedade lhe empurra goela abaixo.


Quando eu te perguntei qual o seu valor a ultima coisa que eu espero ouvir é uma resposta em números, pois você não tem preço, não só sua vida, mas o seu EU, não há dinheiro no mundo para comprar isso, mas neste mundo onde o que não tem preço é facilmente confundido com o que não vale nada, é sempre bom saber que temos um valor especial por sermos quem somos de verdade. Então não se venda com a ilusão de que você vai ser feliz sendo só mais um, o preço vai ser a vida!

0 comentários:

Template - Dicas para Blogs