segunda-feira, 5 de julho de 2010

A rosa,
a inacescível rosa que não canto,
a que é peso e fragrância,
a do negro jardim na alta noite,
a de qualquer jardim e qualquer tarde,
a rosa que ressurge da tênue cinza através da arte da alquimia,
a rosa dos persas e de Ariosto,
a que sempre está só, a que sempre é a rosa das rosas,
a jovem flor platónica,
a ardente e cega rosa que não canto,
a rosa inalcançável...

0 comentários:

Template - Dicas para Blogs