segunda-feira, 21 de junho de 2010

Da águia

Um ovo de águia foi colocado - por acaso - no ninho de uma galinha. Quando o filhote nasceu, juntou-se aos pintinhos, e passou a depender da sua mãe adotiva.


Aos poucos, porém, foi sentindo necessidade de voar.


Um belo dia, perguntou à galinha: “quando irei cruzar os céus?”


A pobre galinha, que não sabia como ajudar fugiu da pergunta: “quando você estiver preparado, eu lhe ensino”.


Passou-se mais um tempo, e a águia desconfiou que a mãe não sabia voar. Mas não conseguia soltar-se e voar por si mesma.


“Por que não bate as asas e sobe aos céus?”, perguntavam seus irmãos.


“Porque vou ferir minha mãe, que me deu tanto carinho”, respondia a águia.


E por causa disto, jamais saiu do chão.




(Amor não prende, amor liberta. Nossos medos nos impedem de voar, medo que nos prende no chão, nas pessoas, nas situações medo de andar sobre nossas proprias pernas, medo de ser independente e pagar o preço dessa independencia, é mais fácil culpar a mãe. Nós somos nosso pior inimigo.)

0 comentários:

Template - Dicas para Blogs